Nova norma técnica para Projeto de Estruturas de Madeira é colocada em consulta nacional (ABNT NBR 7190)

Após 19 anos de trabalho em exatas 50 reuniões formais, o projeto de revisão de norma técnica ABNT NBR 7190 – Projeto de Estruturas de Madeira é colocado em consulta nacional, pela ABNT.
A norma atual é vigente desde 1997, e não atende mais aos requisitos de projetistas, fabricantes ou construtores de estruturas de madeira. O início do século XXI marcou a popularização dos métodos computacionais para dimensionamento e análise de estruturas para construção civil. Quando foi publicada esta versão em 1997, os projetistas brasileiros projetavam utilizando métodos de cálculo inventados após o ano de 1821.

Além da NBR 7190, foram criadas outras 6 normas de suporte para que os novos sistemas construtivos em madeira possam desenvolver-se no Brasil. São elas:

  • ABNT NBR 17020 – Estruturas de Madeira – Critérios de classificação visual e mecânica de peças estruturais de madeira
  • ABNT NBR 17021 – Estruturas de Madeira – Métodos de ensaio para corpos de prova isentos de defeitos – Madeiras de florestas nativas
  • ABNT NBR 17022 – Estruturas de Madeira – Caracterização de peças estruturais
  • ABNT NBR 17023 – Estruturas de Madeira – Determinação da resistência e da rigidez de ligações com conectores mecânicos
  • ABNT NBR 17024 – Estruturas de Madeira – Métodos de ensaio para madeira lamelada colada estrutural
  • ABNT NBR 17025 – Estruturas de Madeira – Métodos de ensaio para madeira lamelada colada cruzada estrutural

Essa coleção de normas técnicas, aliada à aguardada ABNT NBR 16.936 – Edificações em light wood frame e ABNT NBR 16.143 – Preservação de Madeiras – Sistema de categorias de uso, transformarão a indústria da construção civil brasileira, e tornará possível aproximar a oferta da demanda por habitações residenciais no Brasil. E de forma muito sustentável, como o brasileiro sempre faz.

A consulta nacional estará disponível até 20/02/2022, quando poderá ter seu caráter normativo confirmado.

Este artigo foi escrito pelo Eng. Leonardo Puppi Bernardi, engenheiro civil especializado em estruturas e preservação de madeiras e diretor da TWBrazil UPM Ltda . A TWBrazil fornece as principais construtoras brasileiras, quando a durabilidade da madeira é requisito preponderante.