Catálogo

PINUS TRATADO

A madeira de Pinus preservado, também chamado de Pinus tratado, Pinus autoclavado ou ainda Pinus osmo pressurizado é largamente utilizado na América do Norte e na Europa há mais de cinco décadas.

No Brasil, o pinus preservado começou a ser produzido no final do século passado, e vem ganhando espaço em substituição ao uso de madeiras nativas.

Formas de Comercialização:

Madeira de Pinus tratada em autoclave com CCA-C

  1. Pinus serrado e tratado: Vigas, tábuas e quadrados
  2. Pinus aplainado e tratado: Vigas, tábuas e quadrados aplainados (S4S – Surfaced on 4 sides)
  3. Pinus beneficiado e tratado: Deck, Assoalho, Forro Lambril, Paredes Macho e fêmea, acabamentos, entre outros.
  4. Pinus para uso estrutural: Componentes de entre-pisos para edifícios em wood frame
  5. Pinus torneado: roletes de Pinus
  6. Pinus para uso em sistema Wood Framing: Montantes, Vigas para entre pisos e Reforços de parede para drywall

Atendemos atacado em todos os estados brasileiros, em especial construtoras, distribuidores e lojas de materiais de construção.

Consulte nosso departamento comercial para saber de preços, prazos, requisitos e disponibilidade desse serviço pelo email vendas@twbrazil.com.br ou pelo whatsapp no canto dessa tela.

Dimensões Comerciais e Preços Sugestivos

Características Técnicas

Espécie: Pinus taeda

Classe de resistência: C-25

  • Densidade básica: 502 kg/m³
  • Densidade específica aparente a 12% de umidade: 645 kg/m³
  • Resistência à compressão paralela às fibras: 44,4 MPa
  • Resistência à tração paralela às fibras: 82,8 MPa
  • Resistência à tração normal às fibras: 2,8 MPa
  • Resistência ao cisalhamento: 7,7 MPa
  • Módulo de elasticidade longitudinal: 13.304 MPa
  • Umidade de fornecimento: 15 à 19%
  • Retenção de preservativo (CCA): Superior à 4,0 kg(ox)/m³

Tratamento Preservativo: 4,0 kg(ox)/m³ – CCA*

*(Também impregnamos a madeira com retenção de 6,5 kg(ox)/m³ para aplicações específicas, como Edificações multifamiliares, em sistema wood frame com até 4 pavimentos. Consulte-nos sobre essa condição.)

Categoria de Uso: 3 – ABNT NBR 16.143 – Preservação de Madeiras – Sistema de Categorias de Uso*

*(A madeira preservada com retenção de 6,5 kg(ox)/m³ passa à categoria de uso 4 da ABNT NBR 16.143:2013).

Uso: Uso interno, fora de contato com o solo e protegidas das intempéries, que podem, ocasionalmente, ser expostas a fontes de umidade. (NBR16.143:2013).

Vida útil: Indeterminada para categoria de uso 3 da ABNT NBR 16.143 (Uso interno) e 5 anos para categoria de uso 4 da ABNT NBR 16.143 (Uso externo).

Garantia: 50 anos contra cupins e fungos decompositores (Categoria de uso 3 – Uso interno) e 5 anos contra cupins e fungos decompositores (Categoria de uso 4 – Uso externo, sob intempéries).

TWBrazil – Termo de Garantia – v.1.0

REFERÊNCIAS

ABPM – Associação Brasileira de Preservadores de Madeira – (www.abpm.com.br)
American Wood Protection Association – (www.awpa.com)
Wikipedia – Wood Preservation (https://en.wikipedia.org/wiki/Wood_preservation)

NORMATIZAÇÃO

ABNT NBR 16143 – Preservação de Madeiras – Sistema de Categorias de Uso
ABNT NBR 7190 – Projeto de Estruturas de Madeira
ABNT NBR 6232 – Penetração e Retenção de Preservativos em madeira tratada sob pressão
ABNT NBR 7190 – Projeto de Estruturas de Madeira
ABNT NBR 16936 – Edificações em light wood frame
ABNT NBR ISO 1030 – Madeira serrada de coníferas – Defeitos – Medição
ABNT NBR ISO 3179 – Madeira serrada de coníferas – Dimensões nominais
ABNT NBR ISO 737 – Madeira serrada de coníferas – Dimensões – Métodos de medição
ABNT NBR ISO 738 – Madeira serrada de coníferas – Dimensões – Desvios permitidos e retração

Galeria de Imagens

Related Projects